terça-feira, 11 de novembro de 2008

As sem-razões do (des)amor

Passei por aqui por uma razão tola que nem vale a pena comentar, mas valeu pelo fato de ver que há ainda quem visite este pequeno espaço da blogocéia desvairada. Decidi então deixar aqui uma pequena nota: estou voltando!!! Em breve post novo por aqui. Quem viver verá!
Postar um comentário